Project Description

Tudo começou com a criação da New 7 Wonders Foundation, com sede no Le Corbusier, em Zurique, pelo filantropo suíço Bernard Weber, que lançou a maior votação à escala planetária jamais realizada para eleger as Novas 7 Maravilhas do Mundo®, em 07.07.2007.

Do conceito original criado por Bizâncio na Grécia Antiga, há mais de 2200 anos, quando foram estabelecidas as 7 Maravilhas®, que funcionavam como roteiro turístico, a ideia de Bernard Weber consistia em envolver a população mundial numa campanha de divulgação do património construído pelo homem e com isso contribuir para a sua preservação.

A eleição das Novas 7 Maravilhas do Mundo® em 2007 foi o primeiro exercício democrático a nível mundial da história da Humanidade. Pela primeira vez todos os povos, de todos os países, de todos os continentes, se uniram para escolher algo em comum.

Dessa gigantesca campanha a nível mundial foi criada primeira vez uma “memória comum”: 7 coisas que todos devemos recordar e 7 símbolos de união que respeitam, honram e celebram a diversidade cultural do nosso planeta.

A Declaração Oficial, em 07.07.2007, que decorreu no Estádio da Luz, foi um dos maiores eventos de sempre em Portugal, tendo tido uma repercussão que ecoou pelos quatro cantos do planeta. Lisboa é hoje reconhecida como a cidade onde esta Declaração Global foi efetuada.

Na eleição das Novas 7 Maravilhas do Mundo® participaram cerca de 100 Milhões de votantes a nível mundial, com uma transmissão televisiva para mais de 170 países.

A cerimónia foi apresentada pelo ator britânico Sir Ben Kingsley, a actriz Americana Hillary Swank e a actriz indiana Bipasha Basu. Destacam-se ainda as atuações de Jennifer Lopez, bem como a interpretação do hino das “Novas 7 Maravilhas do Mundo®” por Dulce Pontes e José Carreras.

Entre os presentes estiveram o ex-astronauta Neil Armstrong, o ex-secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas) Kofi Annan.

As “Novas 7 Maravilhas do Mundo®” eleitas a nível mundial são:

  1. Chichen Itza – Yucatán, México
  2. Coliseu de Roma – Roma, Itália
  3. Cristo Redentor – Rio de Janeiro, Brasil
  4. Machu Picchu – Peru
  5. Muralha da China – China
  6. Petra – Jordânia
  7. Taj Mahal – Agra, Índia

A realização da Declaração Oficial das Novas 7 Maravilhas do Mundo® em Portugal, a 07.07.2007 no Estádio da Luz, levou à eleição paralela das 7 Maravilhas de Portugal®. Esta campanha, que fez a maior divulgação de sempre do nosso património histórico e cultural, recuperou o interesse das populações pelos belíssimos castelos, palácios, igrejas e mosteiros que marcam a nossa paisagem.

O comissário escolhido para representar as Novas 7 Maravilhas do Mundo® e as 7 Maravilhas de Portugal® foi o Professor Freitas do Amaral.

A votação que envolveu mais de 350 mil portugueses, elegeu como “7 Maravilhas de Portugal®“:

 

  1. Castelo de Guimarães
  2. Castelo de Óbidos
  3. Mosteiro da Batalha
  4. Mosteiro de Alcobaça
  5. Mosteiro dos Jerónimos
  6. Palácio da Pena
  7. Torre de Belém
FINALISTAS
VENCEDORES

Vencedores

Gala Final

Desde 2007 a Promover a Identidade Nacional

Desde 2007 que as 7 Maravilhas® divulgam e comunicam os valores positivos de uma Identidade Nacional forte – causas nacionais reconhecidas.
Através desta experiência em que as pessoas gostam de participar ativamente nas votações, investem energia emocional e através dela criamos Memória Global.